NOTÍCIAS
NOTÍCIA
ASSISTÊNCIA SOCIAL
Publicado em 11 OUT 2012
Município visa qualificar os atendimentos com nova sede do CRAS

Segue em ritmo acelerado a construção do prédio que abrigará o novo Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) do município, localizado na rua Gustavo Wienandts, ao lado da Emater. Ao todo serão 432,54 m² de área construída, num investimento de R$ 253.385,88, dos quais R$ 150 mil provenientes de emenda parlamentar da então Deputada Federal Maria do Rosário (2010), somados a contrapartida do município. O novo CRAS será composto por hall de entrada, recepção, sanitários adequados para portadores de necessidades especiais, copa e cozinha, brinquedoteca para entreter as crianças durante os atendimentos aos pais, além de quatro salas específicas – coordenação, psicóloga, atendimento às famílias e multiuso – utilizada para reuniões, encontros e oficinas com os grupos de convivência. No subsolo, com acesso pela rua General Daltro Filho, estão sendo construídos estacionamento, refeitório e cozinha, contemplando o setor de Serviços Urbanos, localizado no mesmo terreno. Também está prevista a reforma da calçada de passeio no local. A empresa executora é a Vigas Consultoria e Engenharia Ltda, vencedora de processo licitatório. A obra deve ser concluída até o final do ano. Em junho deste ano o CRAS foi transferido do sub-solo da Prefeitura Municipal para uma sala mais ampla, localizada próxima às futuras instalações. A necessidade se deu, segundo a Assistente Social Fernanda Lansini Jachetti, em função do aumento do número de famílias atendidas, assim como do número de ações e projetos desenvolvidos pelo município na área da assistência social. Atualmente a equipe do CRAS é formada por três assistentes sociais, psicóloga, recepcionista e oficineiras, e atende cerca de 180 integrantes dos grupos, entre jovens, gestantes, geração de renda, famílias, catadores de resíduos sólidos e idosos, entre outras situações de vulnerabilidades. Os grupos realizam atividades de artesanato e pintura em tecidos, emborrachados, chinelos, roupas de cama e aproveitamento de material reciclável, para aprendizado das técnicas e possível geração de renda. Também entre os grupos, a psicóloga realiza atividades de preparação para o mercado de trabalho com 50 jovens de 15 a 17 anos, participantes do ProJovem. Legenda: Visão dos fundos da obra, onde será construído um estacionamento no sub-solo, para estacionamento do setor de Serviços Urbanos, localizado junto ao terreno. Fotos: Maica Viviane Gebing Texto: Assessoria de Imprensa

Já conhece Arroio do Meio? Confira alguns pontos turísticos da cidade.
© 2016 - Município de Arroio do Meio RS - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Vertigo Comunicação.